Arquivo da tag: linux

Como instalar ou atualizar o plugin flash-player no Linux Educacional

O Mozilla Firefox é o navegador padrão do Linux Educacional, porém, ele não tem incluso o plugin Adobe Flash Player, que é necessário para visualizar com perfeição  páginas web que contêm animações desenvolvidas na linguagem Adobe Actionscript.

Este post tem como objetivo orientar a instalação do plugin Flash Player no navegador Mozilla Firefox, para usuários do Linux Educacional. Abaixo está descrito um passo-a-passo da instalação.

1. Primeiramente é necessário fazer o download do plugin, no próprio site da Adobe. No campo de seleção, escolha a opção .tar.gz para outro Linux. Posteriormente clicar em Baixe agora.

Download do plugin

2. Entrando na pasta onde salvou o plugin, irá localizar o arquivo com extensão .tar.gz, o que significa que o mesmo está compactado e é necessária a extração. A extração pode ser feita de duas formas, clicando com o botão direito do mouse e selecionando extrair aqui, ou então através do terminal, com o comando tar -vzxf nomedoarquivo.tar.gz .

3. Com a extração uma nova pasta será gerada, com o nome similar a flash-player, abra esta pasta e copie o arquivo libflashplayer.so.

4. Abra o gerenciador de arquivos modo super usuário,  clicando em menu LE, sistema, e selecionando gerenciador de arquivos (modo super usuário). Aparecerá uma tela requisitando uma senha, deve ser inserida a senha de super usuário.

5. Agora basta ir até a pasta /usr/lib/firefox/plugins. Enfatizo aqui que este caminho pode variar, por isto abra primeiramente o diretório /usr/lib, posteriormente localize a pasta firefox, que pode receber outros nomes similares, como por exemplo firefox3.0, dependendo da versão instalada. E por fim localize o diretório /plugins, onde deve ser colado o arquivo anteriormente copiado libflashplayer.so, caso já existir um arquivo com o mesmo nome, é porque já existe uma versão mais antiga do Flash Player instalada, então substitua este arquivo.

6. Para certificar-se de que o plugin foi instalado ou atualizado corretamente, feche todas as janelas do Firefox, e abra novamente. digite na barra de endereços about:plugins, e localize algo similar a Flash, e confira a versão.

Obs.: Este passo-a-passo foi testado apenas na versão 2.0, 3.0 e 4.0 do Linux Educacional. Na versão Linux Educacional para multiterminais, deve ser logado como professor para ter as permissões necessário à instalação. Processos similares devem funcionar para o sistema Ubuntu.

Tutorial de instalação do SDK Android com Eclipse no Linux.

Em primeiro lugar, o download deve ser efetuado em http://developer.android.com/sdk/index.html, selecione o arquivo referente a plataforma utilizada (Windows, Linux ou Mac) e clique em “I agree to the terms of the SDK License Agreement” para aceitar os termo da licença do SDK e logo a após pressione o botão Download. Abaixo os comandos no modo console para efetuar a descompactação do arquivo SDK e execução do Android.

$ tar -zxvf android-sdk_r04-linux_86.tgz
$ cd android-sdk-linux_86/tools
$ ./android

Sugiro adicionar na variável ambiental PATH a pasta TOOLS do pacote Android SDK. Basta inserir no arquivo ~/.bashrc uma linha informando a localização das ferramentas do Android. A seguir um exemplo da linha a ser adicionada:

export PATH=${PATH}:<pasta de instalação do android>/tools

Ao executar o comando ./android, se tudo estiver funcionando corretamente, teremos um formulário similar ao da figura abaixo:

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Adicione os componentes no SDK e clique na opção Avaliable Packages e selecione a plataforma desejada (Android 1.1, 1.5, 1.6, 2.0, 2.1… ). Caso ocorra problemas de conexão, habilite o uso forçado https selecionando a opção Settings e Force https. E repita a operação.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Na janela de diálogo, clique em Accept e no botão Install Accept.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Instalação do Eclipse

A instalação do Eclipse pode ser efetuada no link http://www.eclipse.org/downloads/, com a extração do .tar.gz ou a utilização do YaST (na distribuição openSUSE) e seleção dos pacotes RPM. Selecione primeiramente o pacote eclipse e pressione o botão Aceitar.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Instalando o plugin do Eclipse (ADT – Android Development Tools):

No meu caso estou utilizando o Eclipse 3.5. Entretanto na página oficial do Android é mencionada a compatibilidade com diversas versões. Para iniciar a instalação do plugin ADT, abra o Eclipse, selecione o item Help do menu principal, logo após o subitem “Install New Software”.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Clique no botão “ADD…” para adicionar o site.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Adicione o Google plugin for Eclipse, no meu caso utilizei o site http://dl.google.com/eclipse/plugin/3.5.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Selecione todas as opções (Google Plugin Eclipse, Google App Engine Java e Google Web Toolkit).

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Repita a operação adicionando o site do ADT (Android Development Tools) digitando o endereço https://dl-ssl.google.com/android/eclipse/ e adicione ambos os pacotes.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Configure o Android selecionando o item Windows e clique na opção preferences.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.

Configure a localização do SDK e clique no botão “APPLY”.

Linux: Instalando o Android SDK na plataforma Linux.
PRONTO agora o seu sdk já esta configurado e pronto para o uso
Adaptado do artigo  Instalando o Android SDK na plataforma Linux disponivel em http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Instalando-o-Android-SDK-na-plataforma-Linux?pagina=1

 

 

Aptana, o substituto do Dreamweaver para Linux

Quem utiliza Linux para trabalhar com Web Design sabe que um grande problema é encontrar um IDE que tenha suporte as várias linguagens de desenvolvimento de páginas web. Essa dificuldade é ainda maior quando se conhece o Dreamweaver, que é um excelente ambiente de desenvolvimento web. No entanto, o Aptana é um IDE que tentará diminuir essa grave lacuna no Linux.
O Aptana é um IDE multi-plataforma open-source baseada no Eclipse e que suporta uma grande quantidade de linguagens de programação web. É compatível com as seguintes linguagens: CSS, HTML, JavaScript, PHP, Ruby on Rails, Adobe Air e muito mais, bastando, para isso, instalar o plugin apropriado.

Instalação

Comece fazendo o download no site abaixo:

http://www.aptana.com/studio/download

Depois do download descompacte o arquivo, será necessário dar permissão de execução ao programa, para isso clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo “AptanaStudio” no menu suspenso escolha “propriedades”, agora na página que abrir navegue até a aba permissões e selecione o campo “permitir execução do arquivo como um programa”, ai é só executar o programa, basta dar duplo clique no ficheiro “AptanaStudio”.

Crie um atalho para o Aptana

Para não precisar ir toda vez até a pasta do programa para executar o Aptana vamos criar um atalho no Menu do Painel do Gnome, acesse o menu Sistema->Preferências->Menu Principal. Na janela que abrir, selecione a secção onde quer adicionar o programa (aconselho a secção Desenvolvimento) e clique no botão “Novo Item”. Na nova janela deverá preencher da seguinte forma:

  • Nome: “Aptana Studio”
  • Comando: Clique no botão “Navegar” e navegue até ao ficheiro “AptanaStudio” referido acima.
  • Comentário: “IDE para WebDesign”